Governador solicita apoio das Forças Armadas na Rocinha

0
18

O governador Luiz Fernando Pezão solicitou, na manhã de hoje (22/9), ao Comando Militar do Leste, o apoio das Forças Armadas na Rocinha. A solicitação, que foi atendida, é para reforço no cerco à comunidade, enquanto prosseguem as operações do Batalhão de Operações Especiais (Bope), do Batalhão de Choque, do Batalhão de Ações com Cães (BAC) e do 23° Batalhão da Polícia Militar no local.

– Ontem, eu e o ministro Jungmann decidimos que, a qualquer problema emergencial, haveria uma troca imediata de informações entre o secretário Roberto Sá e o general Braga Neto, que é o Comandante Militar do Leste. Também reforcei essa solicitação hoje, logo cedo.

Pezão garantiu que as operações dentro da Rocinha vão prosseguir enquanto for necessário e avalia que as ações de hoje das facções criminosas na comunidade são uma reação aos resultados que estão sendo alcançados pelas forças de Segurança no local nos últimos cinco dias.

– Não vamos recuar dentro da Rocinha, é o quinto dia de operações, ontem descobrimos uma grande quantidade de armamentos e drogas, estamos avançando e temos certeza que a reação que está ocorrendo hoje, no asfalto, é resultado disso. Não vamos recuar, pedimos reforço embaixo para dar tranquilidade aos moradores e à população e vamos avançar, estamos entrando com helicópteros, com mais gente do Choque e do Bope para avançar ali no combate à criminalidade. Há indícios fortes da existência de mais armas e não podemos recuar lá em cima e vir para baixo para patrulhar, por isso nós pedimos o reforço.

ASCOM

SEM COMENTÁRIOS